.posts recentes

. "A VIDA" - poemas de dife...

. A Natureza - Os líquens

. VERDADES DITAS...

. O 11 de Setembro

. O MUNDO É BELO... aqui fi...

. MOMENTOS... em frases, im...

. É HOJE! A Abertura oficia...

. PARABÉNS AVÓS

. PORTO - DOIS LOCAIS A VIS...

. DIA DA TERRA - 22 de Abri...

.arquivos

. Abril 2013

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Hoje é dia de S.PEDRO

 

HOJE É DIA DE S.PEDRO...

Na última semana de aulas,a  EB1da GIESTA, em Valbom, fez o Painel dos Santos Populares, no átrio da escola.

Falou-se no S. João, porque no Porto e arredores é o Santo mais festejado, assim como Sto. António, o é em Lisboa.

 

Em Valbom festeja-se o S. Pedro, com tradição.

Fazem-se os tapetes de flores frescas nas ruas que ladeiam a Capela de S. Pedro. Os moradores levantam-se  de madrugada para os fazerem pela fresca da manhã, porque à tarde passará por eles a procissão, com os  vários andores. A procissão desce ao Rio Douro. Com todos os andores virados para o Rio, como costume antigo se reza e se agradece.

Neste 1º fim de semana de Julho vale a pena visitar Valbom. Vir ver recreados alguns costumes e tradições dos tempos em que Ribeira do Abade era um forte centro pescatório, desta actual cidade de Valbom, às portas do Porto.

                                


publicado por SAMY às 18:05

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sábado, 27 de Junho de 2009

FINAL DO ANO LECTIVO 2008/2009- EB1 da GIESTA,GDM

 

 

 

 

 

 

 

Na escola EB1 da Giesta, dia 19 de Junho os alunos realizaram a Festa de Final do Ano Lectivo.

 

Todos os alunos participaram.

Ofereceram as suas actuações aos colegas finalistas, que terminaram o 4º ano.

 

Aqui está o cartaz que embelezou o recreio da escola, local em que se realizou a festa. Estavam presentes os Pais dos alunos Finalistas, convidados pelos seus filhos.

 

Os alunos finalistas prestaram homenagem às mães. Ofereceram uma rosa, a cada uma delas.

 

 

O LANCHE 

 

Depois das danças, da poesia, das canções, da Canção de Finalistas dançada e do Hino da Escola cantado por todos, tivemos um lanche saboroso.

Tivemos 2 bolos como se vê:

O bolo de Finalistas com a cartola e bengala, decorado com verde e branco, as cores da Escola.

O bolo de 4º ano, oferecido aos alunos por uma amiga da escola.

 

Foi um final de ano em cheio. Muita alegria e brincadeira.

Já se sentem saudades dos Alunos Finalistas da Escola. Concluiram o 1º ciclo. Outra etapa vai começar.

 

          BOA SORTE E FELICIDADES...


publicado por SAMY às 23:15

link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Escola nº8 de Luanda

 

 

Que boa recordação tenho da minha escola primária.

Foi na conhecida Escola nº 8, em Luanda que fiz a minha escola primária, desde a 1ª  à 4ª classe. A Escola Primária Nº 8 situava-se ao fundo da Rua Mouzinho de Albuquerque, rua que ligava o Mercado de Quinaxixe ao Cemitério do Alto das Cruzes (Cemitério Velho),  perto do Bairro Miramar.

Tive uma professora na 1ª classe e outra da 2ª à 4ªclasse. Lembro-me bem das duas professoras, das brincadeiras no recreio da escola com os meus colegas, do casal vizinho da escola que nos vendia gelados e guloseimas, das Festas de Natal em que participavamos todos os alunos e professores. Os alunos representavam, cantavam, declamavam, diziam poesia...

 

Recordo a minha colega Vanda, que vivia num prédio, no inicio da rua da Escola e o meu colega Mário Jorge Martins Sobral, entre outros.

 

Ao longo destes 35 anos a viver em Portugal, depois do 25 de Abril de 74, lembro-me muitas vezes da minha segunda professora da escola primária.

Recordo o tempo em que levou alunos , na 4ª classe, para casa dela, no Bairro Miramar, para nos dar explicações e prepararmo-nos melhor para o exame de admissão aos liceus.

Lembro-me que a minha professora era madeirense e tinha um filho e uma filha. O marido era de Cabo Verde.

 

 

Já em Portugal, e também eu professora do ensino  primário, estive na mão com um livro escolar, que a minha professora Cecília Vera Cruz Pinto publicou em Portugal. A não ser esse fugaz contacto, nunca soube nada da minha Professora.

 

 

A minha professora chama-se Maria Cecília Vera Cruz Pinto. 

Envio-lhe um grande beijo onde quer que ela esteja. Recordo-a com muita saudade.

            


publicado por SAMY às 22:28

link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

Domingo, 7 de Junho de 2009

LUANDA, A MINHA TERRA NATAL.

Em 1755, Paulo Dias de Novais, capitão do Reino de Portugal, desembarcou na Ilha do Cabo. Um ano depois, avança para terra firme e funda a vila de S. Paulo de Luanda.

Com o crescimento da população e dos edifícios, Luanda tornou-se  cidade, a capital de Angola.

 

As construções à época de 1975, notáveis de se verem eram: a Fortaleza de S. Miguel, que se situava onde a Marginal encontrava a Ilha do Cabo; a Fortaleza de S. Pedro da Barra, a Igreja do Carmo, a Igreja da Sagrada Família, o Liceu Salvador Correia,  o Palácio do Governo, a Alfândega, o Hospital D. Maria Pia, o Mercado do Quinaxixe, o Mercado da Quitanda, o Cemitério do Alto das Cruzes, conhecido como Cemitério Velho, o  1º cemitério (1806), a sede do Banco de Angola, com a sua belíssima fachada cor de rosa, entre outras...

 

Na Ilha do Cabo, estava localizada a Igreja mais antiga de Angola (1575), a Igreja de Nossa Senhora do Cabo.

A Ilha possuía as mais bonitas praias de areias brancas e águas claras, ornamentadas por vários coqueiros, com conhecidos bares e muitos restaurantes.

 

Lembro-me bem da Praia da Restinga, que sempre frequentava, assim como me lembro da Praia da Ponta da Ilha e muitas outras que se espalhavam ao longo da Ilha.

 

Luanda tinha muitas paisagens dignas de se verem, mas o seu cartão de visita era a conhecida  Av. Marginal, com a sua inesquecível panorâmica da Baía, que exibia o contraste  entre a beleza natural e a dos edifícios modernos ao seu redor.

 

 

Que saudades eu tenho de ti, Luanda... minha terra.  

 


publicado por SAMY às 23:18

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 4 de Junho de 2009

A MINHA ESCOLA

 

 

 

ESCOLA E.B.1 DA GIESTA

 

 

A Escola E. B. 1 da Giesta, fica situada em Valbom, pertencente ao concelho de Gondomar, distrito do Porto. Anteriormente freguesia, foi elevada à categoria de cidade em 2004.

         É um local de fácil acesso, bem servido de uma rede de transportes públicos da empresa Gondomarense.

         O edifício obedece ao modelo Regional do Plano Centenários, construída no ano de 1956.

         Tem dois pisos, dispõe de quatro salas de aula, sendo duas no rés-do-chão e duas no pavimento superior, com uma escadaria de madeira, que serve de acesso aos dois pisos. Todas as salas se destinam ao ensino.

         Com seis casas de banho para uso dos alunos e uma para uso dos docentes. Este edifício tem instalação eléctrica, água canalizada e aquecimento nas salas (aquecedores a óleo).

         Possui um alpendre fechado onde foi construída uma sala, usada como mini cantina e sala dos professores, com uma cozinha minimamente equipada pelos profesores.

         O logradouro está vedado com uma rede e possui uma área de 2400 m2 onde brincam as crianças.

        

Apesar de se ter vindo a transformar numa zona dormitória da cidade do Porto, Valbom mantém algumas das características que, ao longo dos séculos, têm marcado a sua especificidade. Destacam-se as fortes tradições rurais, indissociáveis da sua localização geográfica e consequente fertilidade do solo.

         A pesca no rio Douro, onde há alguns anos, o Valboeiro era “rei”, constitui um dos traços de identidade local, a que se juntaram outras de carácter artesanal, tais como a construção das referidas embarcações e a confecção das redes. As indústrias de marcenaria, nascidas em oficinas familiares, de cariz artesanal, estiveram, provavelmente, na origem do espírito associativo que ainda hoje é patente. Há também a tradição de constituíção de associações com objectivos de defesa de interesses socioeconómicos e recreativos.

         Devido à proximidade da cidade do Porto e à diversidade económica, o leque socioprofissional dos residentes alargou-se, nomeadamente, ao sector dos serviços.


publicado por SAMY às 11:41

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Contando Coisas

Por questões profissionais, aqui estou eu a iniciar este blog.

Vai servir não só para esse fim mas como o título sugere, para nele contar e recontar coisas mil e outras tantas...

 

Já que assim é, tenho a dizer que nasci em Luanda muito antes do 25 de Abril.

Estudei na escola nº 8 até à minha 4ª classe.

Continuei os meus estudos até ao 5º ano, no liceu mais emblemático de Luanda, o Liceu Salvador Correia. Toda a gente o conhecia...

Devido à admiração que sentia pela minha Professora Primária acabei matriculada na Escola do Magistério Primário de Luanda, onde frequentei o  Curso de Professora Primária.

Como previsto, sou Professora do 1º Ciclo.

 


publicado por SAMY às 08:55

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.favorito

. Estado de espírito

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds